VAI DESISTIR DE PRESTAR CONCURSO POR CAUSA DOS BOATOS ? 2017 vem com tudo


Concurso TRF 1 (Distrito Federal e os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins): prevista arrecadação de mais de R$ 30.704.000,00 em concursos para os cargos de Analista Judiciário, Técnico Judiciário e Juiz Substituto. Confira o CURSO COMPLETO clique aqui  

TRF 3 (São Paulo e Mato Grosso do Sul): prevista arrecadação de mais de R$800.000,00 em concurso para o cargo de Juiz Substituto.  CURSO COMPLETO Confira 

 TRF 4 (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) : prevista arrecadação de mais de R$376.000,00 em concursos para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário. Confira CURSO COMPLETO clique aqui 


Concurso TRF 5 (Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe): prevista arrecadação de mais de R$15.200.000,00 em concursos para os cargos de Analista Judiciário, Técnico Judiciário e Juiz Substituto. CURSO COMPLETO clique aqui 

Remuneração: R$ 6.167,99 (Técnico); R$ 10.119,93 (Analista)

Remuneração: R$ 6.167,99 (Técnico); R$ 10.119,93 (Analista)

Remuneração: R$ 6.167,99 (Técnico); R$ 10.119,93 (Analista)


 TSE:  (página do concurso CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS) prevista arrecadação de mais de R$5.000.000,00 em concursos para os cargos Analista Judiciário e Técnico Administrativo. 



Concurso TRE SC: prevista arrecadação de mais de R$1.488.000,00 em concursos para os cargos de Técnico e Analista Judiciário.

Concurso TRE TO: prevista arrecadação de mais de R$848.025,00 em concursos para os cargos de Técnico e Analista Judiciário. 

 TRE MS: (  página do concurso CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS ) vista arrecadação de mais de R$2.320.00,00 em concursos para os cargos de Técnico e Analista Judiciário. 

 TRE PR: página do concurso CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS) prevista arrecadação de mais de R$3.366.000,00 em concursos para os cargos de Técnico e Analista Judiciário.

 TRE BA:  (página do concurso CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS) prevista arrecadação de mais de R$7.350.000,00 em concursos para os cargos de Técnico e Analista Judiciário.z

Remuneração: R$ 6.167,99 (Técnico); R$ 10.119,93 (Analista)

Remuneração: R$ 6.167,99 (Técnico); R$ 10.119,93 (Analista)

Concurso TJPE: IBFC página do concurso CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS  , confira 

                                  Carreira Fiscal 2017
Remuneração: R$ 14.965,44

Remuneração: R$ 14.365,24

Remuneração: R$ 12.162,12

Remuneração: R$ 13.265,23


Concurso STM: Comissão é formada e certame fica cada vez mais perto!

Concurso STM
O Superior Tribunal Militar publicou nesta terça-feira (02), no Diário Oficial da União, um documento que formaliza a comissão responsável pela organização do Concurso STM, para provimentos dos cargos de Analista e Técnico Judiciário.
A comissão será presidida por Carolina Pereira de Araújo, Analista Judiciária, seguida por Claúdia Cavalcante Vieira, Técnica, Daniele Mitiko Watanabe Doy e Pedro Vaz Sammarco Freitas, Analistas.
Concurso STM
Participe do Aulão Preparatório para o Concurso STM (Analista e Técnico) com dicas de estudos e muito mais com nossos professores especialistas da área!!
Clique no banner e confira!
concurso stm

Concurso TRT RJ: grupo se reúne e inicia trabalhos para concurso de Analista e Técnico

concurso trt rjO grupo de trabalho, que é presidido pelo desembargador César Marques Carvalho, já deu o primeiro passo para a realização do concurso do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (concurso TRT RJ). A comissão já se reuniu para discutir os primeiros termos da minuta do edital.
O documento contém as principais informações do processo seletivo, que servem de base para que as instituições interessadas na organização do certame apresentem as suas propostas técnicas.
Depois de já ter sido aprovada a realização de um concurso para o quadro de servidores do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, a expectativa do grupo é que o processo seletivo siga a tendência dos eventos anteriores.
Fonte. Estrategia

Concurso TRE PR: comissão de certame formada. Banca deve ser escolhida e edital lançado em breve!


concurso tre pr
Segue em processo acelerado a realização do concurso que prevê o preenchimento de vagas para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado do Paraná (concurso TRE PR). O órgão já divulgou, através do Diário da Justiça Eletrônica, o documento que designa uma comissão responsável pela elaboração e divulgação do edital de concurso para órgão.
Assim, o próximo concurso do Tribunal está confirmado para 2017. O presidente do TRE PR definiu a composição da comissão com 6 servidores do órgão, sendo 4 Analistas Judiciários e 2 Técnicos Judiciários.

O Estratégia Concursos já lançou cursos focados para este certame. 

Veja: CURSOS – TRE-PR

São esperadas oportunidades para os cargos de Analista e Técnico Judiciários. Conforme o último edital, os vencimentos iniciais para servidores que atuam nesses cargos variam entre R$ 6.611,39 para analistas e R$ 4.052,96 para técnicos.
O órgão ainda não divulgou o quantitativo de vagas que devem ser contempladas com o novo certame. Mas essa informação deve surgir a qualquer momento, pois o próximo passo será a escolha da banca organizadora e o lançamento do edital.
O último concurso TRE PR, foi realizado em 2011 e organizado pela banca Fundação Carlos Chagas (FCC). O certame está com a validade expirada desde outubro deste ano. O concurso deve abrir o processo seletivo este ano, pois está prevista no Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2017 – PLOA 2017 a arrecadação de mais de R$ 3.366.000,00 em concursos para os cargos de Técnico e Analista Judiciário.
Segundo informações do TRE PR, o certame anterior teve a seguinte quantidade de nomeações:
Analista Judiciário – Área Judiciária: 59 nomeações
Analista Judiciário – Área Administrativa: 6 nomeações
Técnico Judiciário – Área Administrativa: 218 nomeações 
Com já dito, o certame anterior foi aplicado em 2011 e organizado pela FCC. Veja abaixo a análise do edital TRE PR de 2011:

O Estratégia Concursos já lançou cursos focados para este certame. 

Veja: CURSOS – TRE-PR

Cargos, Vagas e Requisitos

  • Analista Judiciário – Área Judiciária: 01 vaga + Cadastro de Reserva (Já foram nomeados 59 aprovados).
Requisitos: Diploma de curso superior, em nível de graduação em Direito, devidamente registrado no Ministério da Educação. 
  • Analista Judiciário – Área Administrativa: Cadastro de

Edital Embasa 2017 – Saiba os detalhes neste artigo!

                                 Edital Embasa 2017:  inscrições abertas! 


edital embasa
Estão abertas as inscrições para o edital Embasa ( Empresa Baiana de Águas e Saneamento).
O edital Embasa foi publicado no dia 14/03/2017. 
É uma oportunidade para candidatos que disputam vagas de nível médio, técnico e superior.
Neste artigo você encontrará detalhes do edital.


Banca do concurso

A execução do concurso Embasa é de responsabilidade do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação – IBFC.

Prazo de validade do concurso

O prazo de validade do Concurso será de 06 (seis) meses, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da EMBASA, ser prorrogado uma vez por igual período, por conveniência administrativa.

Inscrições

 As inscrições, conforme edital Embasa, acontecerão a partir da 0h00min do dia 15/03/2017 até às 23h59min do dia 05/04/2017, sendo o dia 06/04/2017 o último dia para o pagamento do boleto bancário, observado o horário de Brasília-DF.
O valor da inscrição será de:
•• R$ 60,00 para cargos de nível médio.
•• R$ 80,00 para cargos de nível técnico.

GABARITANDO AS PROVAS CERTO OU ERRADO DO CESPE

GABARITANDO AS PROVAS CERTO OU ERRADO DO CESPE Confira CLIQUE AQUI

Passo a passo como fazer para obter uma pontuação acima de 80 pontos líquidos em provas da Banca Cespe/UnB .

Em processos seletivos importantes, como para cargos na Polícia Federal, MPU,TRT,TJ,TFR, Tribunal de Contas da União, o Cespe/UnB tem fama de “bicho papão” entre os concurseiros.

“Quem estuda de verdade e sabe as técnicas de fazer provas do Cespe sai muito na frente”.
Aqui você terá as técnicas necessárias para ter uma pontuação de excelência acima de 80 pontos líquidos.

Aprenda aqui Como vencer o Cespe/UnB! 


Concurso TRE TO 2017: Edital sairá em maio


Resultado de imagem para tre to concurso
Edital Concurso TRE TO 2017 deve ser publicado até maio para ofertar 9 vagas imediatas, além de cadastro reserva nos cargos de nível médio e superior. A banca organizadora foi escolhida e em breve será divulgada pelo Tribunal através do extrato de contratação. No final do ano passado o órgão havia dispensado licitação para contratar o Cebraspe, mas o ato foi anulado.

Do total de vagas, 5 serão para o cargo de técnico na área administrativa, de nível médio e 2 para técnico especilista em programação de sistemas; e para analista as oportunidades serão de uma vaga para área de contabilidade e uma para judiciária, que exige nível superior em direito.
                                                 CURSO PARA TRE_GO
Os novos servidores terão reajuste salarial e o aumento é escalonado em oito parcelas, sendo a primeira em janeiro e a última em junho de 2019. Com o ajuste, os técnicos contarão com inicial de R$5.365,92 e passará a R$7.591,37 após o fim das parcelas. Para os analistas será de R$8.803,97 a R$ 12.455,30.

O último concurso realizado pelo Tribunal foi em 2010 com a organização da Fundação Carlos Chagas (FCC). O certame oferecia sete vagas para analista, nas áreas administrativa e judiciária, além de vagas para técnico na área administrativa. A validade da seleção se encerrou em junho de 2015.

Concurso TJ SP: Assembleia Legislativa de SP aprova mais de 2 mil cargos para escrevente

concurso TJSPO concurso TJ SP ganha mais uma chance para ser realizado ainda este ano. A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) aprovou, nesta quarta-feira (22), o Projeto de Lei, de autoria do TJ,  PL 714/2010, que cria 2.419 cargos de escrevente técnico judiciário.
A proposta não prevê o local de exercício dos novos servidores, mas, de acordo com a justificativa da propositura, os aprovados substituição os servidores municipais que realizam atividades nos fóruns das comarcaas do interior por servidores concursados do quadro do TJ. O provimento dos cargos será realizado de forma escalonada: 807 em 2017, 806 em 2018 e 806 em 2019.

Em 2017, também termina a validade do último concurso TJ SP, realizado em 2014. A expiração do prazo reforça a necessidade da realização de novo certame para o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), principalmente para cargo de escrevente técnico judiciário.  A remuneração  inicial é de R$ 5.697,16, incluindo auxílios alimentação e saúde. 
A ALESP ainda aprovou o Projeto de Lei Complementar PLC PLC 24/2016, também de autoria do TJ SP, que prevê a criação de 150 cargos de juiz de direito auxiliar. Segundo o texto, os cargos serão distribuídos em comarcas de entrância final no interior e no litoral. O PLC, assim como o PL 714/2010, foi aprovado com emenda para o escalonamento dos cargos: 50 juízes no ano de 2017, 50 em 2018 e 50 em 2019. 


Último concurso TJ SP

O último concurso TJ SP foi realizado em 2014 e a banca organizadora foi a Fundação Vunesp. Foram ofertadas 471 vagas, todas destinadas à 1ª Região Administrativa do Tribunal, que engloba capital e região metropolitana. O destaque ficou por conta da cidade de São Paulo, com 400 vagas. 
A prova objetiva foi composta por 100 questões, divididas em três blocos:
  • Língua Portuguesa com 24 questões;  
  • Noções de Direito (Penal, Processual Penal, Processual Civil, Constitucional, Administrativo e Normas da Corregedoria Geral de Justiça), com 36 questões; e
  • Conhecimento gerais, que conta com 40 questões. Este bloco foi dividido entre as matérias de Atualidades (4 questões), Informática (16 questões), Reciocínio Lógico (10 questões) e Matemática (10 questões).

Conheça algumas das vantagens dos servidores do TJ SP

  • Auxílio-alimentação
  • Auxílio-saúde
  • Auxílio-transporte 
  • Estabilidade (regime de trabalho estatutário).
  • Progressão na carreira
  • Adicional de qualificação sobre o valor bruto do salário aos servidores que concluírem nível superior, sendo 5% para título de graduação, 7,5% para especialização e de 10% e 12,5% para título de mestrado e doutorado.
  • Chance de ser convocado, uma na lista de aprovados da Circunscrição Judiciária e outra na lista geral obrigatória da Região Administrativa Judiciária (pode ser convocado pelo concurso TJSP da capital e do interior).
Quer mais informações sobre o último edital? Veja o artigo do professor Herbert Almeida sobre o assunto:

O Estratégia Concursos já lançou cursos para o concurso TJ SP. Confira: 

Fonte. Estrategia

Edital TRF 1: saiba tudo sobre o certame e conheça melhor as carreiras de Analista e Técnico Judiciário

A nossa análise de hoje será do edital TRF 1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) para os cargos de Analista e Técnico Judiciário. Veremos aqui peculiaridades sobre a carreira e análise do último edital. De início, vamos entender o que é o Tribunal e em quais estados está instalado. Ao final deste artigo, confira o link para ver as notícias atualizadas sobre o certame.
O Tribunal é o maior do país e está instalado em Brasília, embora possua jurisdição em 13 estados mais o Distrito Federal, a saber: Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. Veja no mapa abaixo.
edital trf 1 mapa
Como você pode ver, trata-se de um Tribunal imenso, que demanda uma gama de servidores e magistrados para seu funcionamento. Para se ter uma ideia, até fevereiro de 2016 havia 1.149.817 processos tramitando na primeira instância do TRF 1, segundo o site da corte. Em cada um desses estados há diversas cidades onde estão instaladas as varas federais e, naturalmente, onde serão lotados os aprovados no concurso.
O Tribunal conta com a 1ª instância, que são as varas e juizados especiais federais, os quais estão espalhados por todo o país. Diferentemente dos Tribunais de Justiça (estaduais) que possuem comarcas, os Tribunais Federais são divididos em seções e subseções judiciárias sendo as primeiras equivalentes aos estados e as subseções a cada cidade. Nelas atuam os juízes federais.
A 2ª instância do tribunal é sediada em Brasília e é composta pelos “desembargadores federais”. Uma curiosidade: a Constituição Federal não utiliza o termo “desembargador” para os juízes federais de segundo grau, diferente do tratamento dado nos Tribunais de Justiça (estaduais). Para os membros deste último a Carta Magna nomeia, de forma expressa, como desembargadores. No entanto, quando se refere aos Tribunais Regionais Federais, apenas o termo “juiz de TRF”. Ainda assim, constitui prática no meio forense a denominação de desembargador federal para os membros da 2ª instância dos Tribunais Regionais Federais. Geralmente essa denominação está prevista nos regimentos internos.
Os cargos que compõe a estrutura do TRF 1 são regidos pela Lei 11.416/2006, a qual define as atribuições e remuneração. A carreira dos tribunais, a qual pertence o Tribunal em estudo, é a mesma que compõe os Tribunais Superiores (STF, STJ, TST, TSE, STM) bem como outros tribunais especializados (TRF, TRE, TRT, TJDFT), além do CNJ.
A lei traz, genericamente, as seguintes competências para os cargos de Analista e Técnico:
Analista Judiciárioatividades de planejamento; organização; coordenação; supervisão técnica; assessoramento; estudo; pesquisa; elaboração de laudos, pareceres ou informações e execução de tarefas de elevado grau de complexidade.
Técnico Judiciárioexecução de tarefas de suporte técnico e administrativo.
Dentro das duas carreiras há especializações, as quais diferenciam os cargos de acordo com a formação exigida bem como as atividades que cada cargo irá desempenhar no órgão.
"Professor, quanto ganham os servidores que compõem as carreiras dos Tribunais?"
A remuneração inicial para o cargo de Analista TRF 1 pode ultrapassar R$ 10.000,00. Por exemplo, o analista recebe inicialmente R$ 4.772,68 de vencimento básico mais R$ 4.963,59 de GAJ (Gratificação Judiciária). Já a remuneração inicial para o cargo de Técnico TRF 1 pode ultrapassar R$ 6.000,00. Por exemplo, o técnico recebe inicialmente R$ 2.908,90 de vencimento básico mais R$ 3.025,25 de GAJ (Gratificação Judiciária). Veja isso na tabela abaixo.

Além da remuneração que consta na tabela, o servidor recebe auxílio-alimentação, no valor de aproximadamente R$ 799,00, e que normalmente é reajustado todos os anos.

Entre as gratificações, merece destaque o Adicional de Qualificação Temporária, que paga 1% a mais a cada 120 horas de cursos que o servidor tenha participado, limitando a

Concurso TRT 18 (GO): autorizado! Confira os detalhes!

Foi autorizada pelo Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, que abrange o Estado de Goiás, a realização de concurso para o órgão em 2017. O concurso TRT 18 oferecerá 5 vagas, sendo 4 para de técnico judiciário (Enfermagem) e 1 de analista judiciário (Estatística). Além disso, haverá formação de cadastro de reserva para o cargo de analista judiciário, tanto da área administrativa quanto com especialidade em Tecnologia da Informação. O último concurso aconteceu em 2013 e foi organizado pela Fundação Carlos Chagas.
O concurso TRT 18 anterior foi realizado em 2013 e organizado pela banca Fundação Carlos Chagas – FCC, para o provimento de vagas nos cargos de Analista e Técnico Judiciário.
O prazo de validade desse concurso foi de 02 anos e em setembro de 2015 o prazo foi prorrogado por igual período. Dessa forma, o concurso TRT 18 terá validade até meados de dezembro de 2017.
Os cargos oferecidos no concurso TRT 18 de 2013 foram os seguintes:
    Cursos Online para Concursos
  • Área Judiciária
  • Oficial de Justiça Avaliador Federal
  • Especialidade Contabilidade
  • Especialidade Tecnologia da Informação
  • Especialidade Psicologia
  • Especialidade Engenharia Civil
  • Especialidade Medicina (Clínico Geral)
  • Área Administrativa
  • Especialidade Segurança
  • Especialidade Tecnologia da Informação
O concurso TRT 18 de 2013 foi estruturado da seguinte maneira:
concurso trt 18
Veja nos quadros abaixo as disciplinas exigidas para alguns dos cargos ofertados

Concurso TRE PR 2017: Edital terá vagas para Técnico e Analista! Até R$12mil

Tribunal Regional Eleitoral do Paraná divulgará a abertura de concurso (Concurso TRE PR 2017) para nível médio e superior ainda este ano. Pelo menos é o que consta no Projeto de Lei Orçamentária (PLOA), que foi aprovado e sancionado no final de dezembro do ano passado. A expectativa é que o edital de concurso TRE do Paraná 2017 seja divulgado no final do primeiro semestre ou início do segundo.
De acordo com o projeto orçamentário, o TRE/PR tem estimativa de receber 26.250 candidatos na função de Técnico, enquanto para Analista a projeção é de 16.200 candidatos pagantes inscritos. A taxa de inscrição custará R$ 75 ou R$ 85, o que totaliza a previsão total de arrecadação no valor de  R$ 3.366.000,00.
O órgão tem intenção de divulgar divulgar o edital pela mesma empresa organizadora do último concurso, a Fundação Carlos Chagas (FCC). “Conforme PAD nº 1206/2015 e considerando as definições do futuro contrato. Alterações conforme e-mail de 01/03/2016 para Coordenadoria de Orçamento e considerando informações recebidas da FCC e reanalise para memória de calculo enviada para o TSE.”, diz o documento (veja abaixo todos os detalhes).

O Concurso TRE PR 2017

Conforme consta na PLOA, o edital do concurso TRE PR 2017 contará com oportunidades para Técnico e Analista Judiciário. Os cargos têm exigência de nível médio e superior, respectivamente. Além disso, algumas funções ainda têm exigências e atribuições específicas no exercício da função. Veja os detalhes:
Analista Judiciário – Área Judiciária: Diploma de curso superior, em nível de graduação em Direito, devidamente registrado no Ministério da Educação; Atribuições: Executar atividades de análise processual; pesquisar e analisar legislação, jurisprudência e doutrina; elaborar pareceres jurídicos, atos administrativos, informações, relatórios, e outros documentos de informação técnico-jurídica; entre outras tarefas.

Veja também: Concursos Federais – Michel Temer sanciona lei que prevê 83.061 vagas para 2017!

Analista Judiciário – Área Administrativa: Diploma de curso superior, em nível de graduação, em qualquer curso, exceto a Licenciatura Curta, devidamente registrado no Ministério da Educação; Executar atividades de pesquisa de legislação, jurisprudência e doutrina; elaborar pareceres técnicos, atos administrativos, informações, relatórios, e outros documentos decorrentes da instrução processual, de acordo com a área de atuação; acompanhar e analisar sistematicamente a legislação relacionada com a sua área de atuação, entre outras atribuições; e
Técnico Judiciário – Área Administrativa: Certificado de conclusão do ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação; Atribuições de executar as atividades de pesquisa, organização e armazenamento de legislação, jurisprudência e doutrina; instruir procedimentos administrativos e elaborar relatórios, informações, atos e documentos internos e externos e outros instrumentos de suporte gerencial; entre outras tarefas.
A jornada de trabalho será de 40 horas semanais e as contratações serão feitas sob regime estatutário, o que garante a estabilidade empregatícia.

Salários e Benefícios

Além da tão sonhada estabilidade, os candidatos que ingressarão no órgão vão contar com excelentes salários e benefícios. De acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho de 2016 pelo governo, serão reajustados o salário-base e gratificação de atividade judiciária (GAJ). Com o aumento, a remuneração base para Analista Judiciário, Áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades chegarão a R$ 11.007. Os candidatos ainda terão direito aos benefícios de auxílio-alimentação, saúde e natalidade, o que pode fazer o salário chegar a R$12mil.

Já para Técnico Judiciário, o salário chega a R$ 6.709, valor que ainda terá acréscimo dos benefícios (alimentação, saúde, natalidade), o que pode fazer o salário chegar a até R$ 7.893.

Edital Concurso TRE PR 2017

edital de concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná 2017 tem previsão de ser divulgado ainda este ano, mais precisamente entre junho e agosto. Após à publicação do documento, os candidatos poderão ter conhecimento sobre o período de inscrições, data de provas, locais, entre outros detalhes. Todas as informações estarão disponíveis aqui no site.
A taxa de inscrição do último certame custou R$65,00 para Técnico e R$80,00 para Analista. Para este concurso, os candidatos pagarão R$75,00 e R$85,00, respectivamente.

Provas

O edital já está próximo, com isso, os candidatos já podem iniciar os seus estudos. A expectativa é que as matérias exigidas no último concurso e a do próximo concurso, a ser realizado este ano, não sofram alterações. As provas dos técnicos e Analista tiveram 60 questões objetivas de Conhecimentos Básicos e Específicos. Os analistas ainda passaram por prova discursiva (redação).
Para Técnico Judiciário, Área Administrativa, os candidatos deverão fazer questões de Português, Noções de Informática, Noções de Arquivologia, o que compõe Conhecimentos Básicos, e Noções de Direito Constitucional, Poder Judiciário, Noções de Direito Eleitoral, Noções de Direito Administrativo, Noções das Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais e Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, compondo a parte de Conhecimentos Específicos.
Já para Analista Judiciário, Área Judiciária, os candidatos devem realizar provas com questões de Português, Noções de Informática, Direito Constitucional, Administração Pública, Direito Eleitoral, Lei das Inelegibilidades, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais e Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...